Catarata

Postado em 21 de novembro de 2018

A catarata é uma lesão ocular que atinge e torna opaco o cristalino (lente situada atrás da íris cuja transparência permite que os raios de luz o atravessem e alcancem a retina para formar a imagem), o que compromete a visão. A evolução da doença costuma ser lenta, podendo afetar primeiro um dos olhos e só mais tarde o outro.

Sintomas da Catarata

No início do problema, a pessoa enxerga como se a lente dos óculos estivesse embaçada ou como se houvesse uma névoa diante dos olhos. Com o avanço da doença, porém, a dificuldade aumenta progressivamente e a pessoa passa a enxergar apenas vultos, podendo evoluir à cegueira. Além disso, outros sintomas que podem ocorrer são visão dupla e sensibilidade à luz ou imagens distorcidas.

Causas

A catarata pode ser congênita (casos raros) ou adquirida. A principal causa da doença é o envelhecimento. Embora o problema apareça geralmente em indivíduos com mais de 50 anos, há casos de crianças que já nascem com a doença por problemas genéticos ou porque as mães tiveram rubéola, sífilis ou toxoplasmose no primeiro trimestre de gestação.

Outras causas de catarata são: diabetes; uso sistemático e sem indicação médica de colírios, especialmente dos que contêm corticoides; inflamações intraoculares; traumas como socos ou batidas fortes na região dos olhos; e excesso de radiação.

Tratamento da Catarata

O único tratamento para catarata é o cirúrgico. O objetivo da cirurgia – simples, rápida e feita sob anestesia local – é substituir o cristalino danificado por uma lente artificial que recupera a função perdida. Essa lente pode ser de vários tipos e corrigir vários problemas de visão. É possível implantar lentes especiais que permitem eliminar o uso dos óculos para longe e, em alguns casos, os óculos para perto.

O cristalino pode ser retirado inteiro ou por uma técnica chamada facoemulsificação, que oferece a vantagem de exigir corte menor e, em geral, sem suturas.

A cirurgia de catarata consiste na quebra e aspiração do cristalino opaco, utilizando-se um laser e um aparelho com ultrassom (faco-emulsificação). São feitas incisões no olho para introdução de uma lente intraocular (LIO), ligada a um equipamento que aspira e dilui a catarata. O implante de uma LIO possibilita, além da restauração da visão, uma correção refrativa, ou seja, uma correção do grau dos óculos.

Exames necessários para realizar a cirurgia de catarata

Os candidatos à cirurgia de catarata devem ser avaliados por um de nossos oftalmologistas, que irá realizar uma série de exames oftalmológicos como acuidade visual, fundo do olho, pressão intraocular, topografia da córnea, ultrassonografia do globo ocular e um exame para cálculo da lente intraocular a ser implantada.

Tipos de anestesia

A cirurgia de catarata, na maioria dos casos, é feita apenas com colírios e uma sedação leve, exceto se o paciente tiver alguma contraindicação de saúde que necessite outro tipo de anestesia.

Como é realizada a cirurgia de catarata

A técnica atual é a cirurgia combinada com laser e facoemulsificação. O laser faz as incisões e ruptura da catarata e a facoemulsificação faz a remoção da catarata.
São feitas incisões menores de 3,5mm com um laser nos olhos. É inserida através dessa ruptura uma espécie de cânula no globo ocular, ligada a um equipamento ultrassônico que aspira e dilui a catarata.

Em seguida, é implantada uma lente intraocular através da incisão. Esta lente varia de pessoa a pessoa, pois, além do grau, existem lentes monofocais e multifocais. Quem decidirá qual a melhor lente será o médico, juntamente com o paciente.
Em todo o procedimento, o paciente fica deitado e é utilizado um microscópio para a visualização da cirurgia.

Após a cirurgia de catarata, o olho operado terá um curativo que pode ser feito com gaze, tampão de acrílico ou óculos escuros, dependendo da técnica utilizada. Serão receitados colírios por um período.

Por ser feito com uma técnica segura, o paciente é liberado logo após o procedimento, podendo voltar para sua casa.

Tanto o procedimento, sua técnica e as lentes intraoculares são de amplo conhecimento dos oftalmologistas aptos a realizar a cirurgia de catarata.

Voltar
Atendimento Via WhatsApp

(62) 99346-1044